Tomb Raider: A Origem estreia com $128,9 milhões em bilheteria - Lara Croft BR
Filme Notícias

Tomb Raider: A Origem estreia com $128,9 milhões em bilheteria

O mais novo filme de Tomb Raider já é um sucesso graças ao continente asiático. No primeiro final de semana, o filme arrecadou cerca de $41,3 milhões somente na China, quase o dobro da arrecadação no mercado doméstico (EUA e Canadá), que foi de singelos $23,7 milhões; que não é tão bom, mas também nem tão ruim.

A boa notícia é que o filme já cobriu seu custo de produção, que foi de $95 milhões. Para garantir uma sequência, Tomb Raider: A Origem precisa fazer mais ou menos o triplo disso ($285 milhões) ao longo das próximas semanas, o que não será tão difícil se o filme manter o ritmo para conseguir os $156 milhões restantes.

Para efeito de comparação, o primeiro filme da saga, de 2001, teve um custo de $115 milhões e lucrou ao todo $275 milhões, vindo 47,7% disso do seu mercado de origem. Então apesar do novo filme não ter ido tão bem na América do Norte, não significa que não teremos uma sequência, visto que ele está indo muito bem no restante do mundo.

Já o segundo filme, de 2003, teve o mesmo custo de $95 milhões do reboot cinematográfico, porém não trouxe nem o dobro do lucro, finalizando com apenas $156,5 milhões em bilheteria, o que fez com que não tivéssemos mais filmes por todo esse tempo.

Só nos resta aguardar e torcer para que o filme continue arrasando mesmo com estreias de peso nas próximas semanas como Círculo de Fogo: A Revolta e Jogador Número Um.

Confira o box office de Tomb Raider: A Origem em alguns países:

China: $41,3M
EUA + Canadá: $23,7M
Indonésia: $4,4M
Reino Unido: $4,3M
Rússia: $4,2M
Coréia do Sul: $4M
França: $3,7M
Taiwan: $3,6M
Malásia: $2,9M
Alemanha: $2,3M
Hong Kong: $2,3M
México: $2,2M
Austrália: $2,2M
Itália: $2M

No Brasil, o filme ficou em primeiro lugar em bilheteria no último fim de semana, arrecadando  R$ 6,4 milhões.

Fonte.

Comentários

Sobre o autor

Gian Carlo Garzewski

Administrador do Lara Croft BR. Apaixonado por survival horror e aventura, seus vícios além de Tomb Raider e Resident Evil são The Walking Dead e Game of Thrones.